1. Gerd Müller: 365 golos

O currículo de Müller é imbatível. Entre 1965 e 1979, representou apenas o Bayern de Munique, ganhando quatro títulos alemães. Ganhou a "Bota de Ouro" em sete ocasiões e, em cinco temporadas, marcou mais golos do que as vezes que jogou. Na temporada de 1971/72, marcou 40 golos - um recorde que se mantém até hoje. - picture-alliance/dpa/Rauchwetter

2. Klaus Fischer: 268 golos

Fischer jogou mais 100 jogos do que Müller, mas marcou menos 97 golos. Fischer marcou a maior parte dos seus golos pelo Schalke 04 (182), mas também jogou pelo Munique 1860, Colónia e Bochum. A carreira de Fischer na Bundesliga durou 20 anos, entre 1968 e 1988. - Imago Images

3. Robert Lewandowski: 228 golos*

Lewandowski pode até ter sonhado durante muito tempo com uma mudança para o Real Madrid, mas a transferência nunca chegou. Entretanto, tornou-se uma instituição da Bundesliga. Marcou 74 golos em quatro épocas pelo Borussia Dortmund e, depois, transferiu-se para o Bayern de Munique, já leva 153 golos. Aos 31 anos, a caça ao golo de Lewandowski está longe de acabar. (*Até: 20.05.2020) - picture-alliance/Fotostand/Ellerbrake

4. Jupp Heynckes: 220 golos

Antes de Heynckes comemorar o sucesso como treinador, ele foi um dos melhores avançados alemães de todos os tempos. Jogou durante 14 anos na Bundesliga, pelo Borussia Mönchengladbach e pelo Hannover. Heynckes é o maior goleador de todos os tempos do Mönchengladbach na Bundesliga (195). Como membro dos "Potros", ganhou quatro títulos alemães. - Imago Images

5. Manfred Burgsmüller: 213 golos

Entre 1967 e 1990, "Manni" baralhou adversários com a capacidade de drible. Jogou na Bundesliga pelo Essen, Dortmund, Nürnberg e Bremen e é o maior goleador do Borussia Dortmund na Bundesliga, com 135 golos. Após a carreira futebolística, Burgsmüller passou seis anos como jogador de futebol americano, pelo "Rhein Fire". Morreu em maio de 2019, aos 69 anos. - Imago Images

6. Claudio Pizarro: 197 golos*

Em 1999, o peruano juntou-se ao Werder Bremen com 20 anos de idade. Para além de uma breve passagem pelo Chelsea, o "Pizza" tem sido uma "pizza" regular da Bundesliga. Passou por duas vezes de Bremen para o Bayern (2001 e 2012). Depois de uma temporada em Colónia, o jogador de 41 anos entrou pela quinta vez para o Bremen, onde planeia terminar a carreira no verão deste ano. (*Atée 20.05.2020) - Getty Images/Bongarts/S. Franklin

7. Ulf Kirsten: 181 golos

Kirsten já era um atacante perigoso nos tempos de jogador do Dynamo Dresden, na antiga República Democrática Alemã (RDA). Em 1990, mudou-se para o Leverkusen e por lá permaneceu até ao final da carreira, em 2003, tendo participado em 350 jogos pelo clube na Bundesliga. Também ganhou a "Bota de Ouro" três vezes. - Imago Images

8. Stefan Kuntz: 179 golos

Bochum, Uerdingen, Kaiserslautern, de volta a Bochum e finalmente Bielefeld. Stefan Kuntz nunca jogou num dos grandes clubes da Bundesliga. No entanto, o atual selecionador dos Sub-21 alemães, ganhou a "Bota de Ouro" pelo Bochum, em 1986. A esse prémio acrescentou mais dois no Kaiserslautern, onde também levantou a Taça da Alemanha (1990) e o título da Bundesliga (1991). - Imago Images

9. Dieter Müller: 177 golos

Dieter Müller ainda hoje tem um recorde na Bundesliga: A 17 de agosto de 1977, Müller marcou seis golos na vitória do Colónia por 7-2 contra o Werder Bremen. Embora tenha passado a maior parte da sua carreira no Colónia, Müller também jogou na Bundesliga pelo Offenbach, Estugarda e Saarbrücken. Entre 1977 e 1986, disputou 303 partidas da Bundesliga. - Imago Images

10. Klaus Allofs: 177 golos

Quando o Colónia gastou 2,25 milhões de marcos alemães (1,15 milhões de euros) com o avançado do Düsseldorf, Klaus Allofs, para substituir Dieter Müller, foi um recorde da Bundesliga da altura. Poucos teriam previsto que Allofs continuaria a marcar tantos golos como o homem que ele substituiu, embora precisasse de mais 121 jogos para chegar aos 177 golos. Allofs também jogou pelo Werder Bremen. - Imago Images

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.