A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, pede ao presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF) para esclarecer à nação os motivos que impediram Capita de viajar na quinta-feira.

“O presidente da Federação deve explicar à nação o que impediu o atleta de viajar. O que aconteceu não é justo”, reforçou com muita tristeza a titular da pasta do referido ministério.

De acordo  com a mesma, o avançado do 1.º de Agosto tinha despacho para embarcar com a delegação da Selecção Nacional.

Com o sucedido, a ministra revelou que vai reunir-se inicialmente com o secretário de Estado para o Desporto e consequentemente com o seu elenco e a Direcção Nacional do Desporto.

Deste modo, tudo indica que nos próximos dias a "novela" Capita terá capítulos aliciantes, apesar de o atleta viajar hoje à noite para o Brasil, de acordo com o comunicado da FAF.

Sabe-se também que o internacional está a ser cobiçado por vários clubes grandes da Europa que disputam a primeira divisão, com destaque para o Manchester City, RB Leipzig, Lille e FC do Porto.

Recorde-se que no CAN de sub-17, decorrido este ano na Tanzânia, Capita foi o melhor marcador com quatro golos, que permitiram ao combinado angolano ocupar o terceiro lugar e qualificação directa para o Mundial do Brasil.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.