Tendo como palco o pavilhão multi-usos “Osvaldo de Jesus Serra Van-Dúnem”, no centro da cidade do Huambo, os combates estão a ser disputados em sete categorias de menos 40, 55, 69, 77, 85, 94 quilogramas e acima dos 94 kg, nos estilos de “fighting”, “ne weza” e “duo system”, no sistema de eliminatória individual e por equipa.

Ao intervir na abertura, o director do Gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos na província do Huambo, José Albano Canombo Manuel, apelou aos atletas no sentido de aproveitarem a competição para a promoção da harmonia social e do associativismo, olhando, acima de tudo, os adversários de ocasião como “irmãos”.

O responsável realçou que, apesar de ser um torneio de combate, o espírito de Fair Play e o respeito pelas decisões das equipas de arbitragem devem estar acima de qualquer anseio, para bem da modalidade e da competição, em particular, que encerra neste sábado.

O conjunto da província de Luanda, com seis medalhas de ouro, conquistou a edição passada, realizada na cidade de Ndalatando, província do Cuanza Norte.

Praticada em Angola por mais de três mil atletas, desde iniciados a seniores, o jiu-jitsu é uma arte marcial com origem no Japão, ainda conhecida pelas grafias japonesas: "Jiu", como suavidade, brandura, e “jitsu”, significa arte técnica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.