Em declarações à imprensa, após o jogo de acerto à 18 jornada, disputado no estádio 11 de Novembro, em Luanda, o antigo médio da equipa “militar” admitiu a existência de uma crise de resultados, mas reiterou que o motivo da derrota foi mesmo a ansiedade.

Ivo Traça considera normal esta fase menos boa de que passa o 1º de Agosto, acrescentando que o trabalho irá determinar a inversão do quadro.

O 1º de Agosto foi relegado ao segundo lugar da competição, com 42 pontos, à traz do Petro de Luanda, com 44 pts.

Nos últimos cinco jogos, o 1º de Agosto perdeu dois (com o Recreativo da Caála, no Huambo, por 0-1 e com Sagrada Esperança, 1-2), empatou também em duas ocasiões (Santa Rita de Cássia, 0-0 e Ferrovia do Huambo, 1-1)  e venceu apenas o Desportivo da Huíla, no Lubango (1-0).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.