De acordo com o presidente de direcção do clube, Alves Simões, que prestou a informação à Angop, sexta-feira, em Luanda, o facto visa prevenir eventuais situações mesmo após o fim da pandemia.

Sem entrar em mais pormenores, negou qualquer dificuldade financeira para a decisão do 8º colocado, com 31 pontos, do anulado Campeonato Nacional “Girabola2019/20”.

Além do Interclube, FAFindicou, também, o FC Bravos do Maquis (3°/40 pts) e Sagrada Esperança da Lunda Norte (6°/34), devendo os dois representantes de Angola nesta prova africana sair do trio, em função das disponibilidades financeiras.

É a segunda vez que os polícias declinam um convite de participação nas afrotaças, quando não conquistada por mérito, depois do sucedido em 2017/18. A agremiação concorreu nesta mesma prova em 2008 e 2011.

Petro de Luanda e 1º de Agosto representarão o país na Liga de Clubes Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.