O objectivo da equipa foi avançado, esta quinta-feira, à Angop pelo técnico Albano César, referindo ter à disposição 28 jogadores, entre os quais quatro juniores promovidos, nomeadamente o defesa Yaya, o médio Zezinho e os avançados Edy e Micro.

Eis as contratações:

Lelé (defesa central/ex-Recreativo da Caála), laterais Baton (ex-ASA) e Dio Massadila (ex-Sagrada Esperança), médios Guil (ex-Académica do Lobito), Paulito e Nelito (ex-Kabuscorp), avançados Dadão, Guelor, Nandinho (ambos saídos do Recreativo do Libolo), Paulito e Nelito (oriundos do Kabuscorp), Larama e Catenga idos do ex-Bikuku FC.

O clube dispensou 15 jogadores da época transacta, em que ocupou o 14º lugar da tabela classificativa.

O Girabola2019/20 tem o início previsto para o dia 16 deste mês, devendo o Cuando Cubango FC deslocar-se à província do Huambo para defrontar o Ferroviário local.

Os seus jogos na condição de visitado continuarão a ser realizados no campo dos “Eucaliptos”, na cidade do Cuito, província do Bié, uma vez que o recinto próprio, em Menongue, está em obras.

A época futebolística abre oficialmente sexta-feira (dia 2) com o Desportivo da Huíla (finalista vencido da Taça) a receber o 1º de Agosto (campeão nacional), no Lubango, para a primeira-mão da Supertaça.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.