Em declarações nesta terça-feira à Angop, reagindo à contratação do jogador pelo Royal Antuérpia FC, por uma época e com opção de compra, disse que dada as suas qualidades técnicas e de goleador tem tudo para se afirmar no seu novo clube.

A transferência é positiva porquanto o futebol belga também é de grande visibilidade na Europa, afirmou o antigo avançado, que evoluiu por equipas portuguesas, destacando-se o Sporting de Braga, da primeira liga (1994).

Gelson Dala foi contratado pelo Sporting em 2016 e depois emprestado ao Rio Ave. Sobre este facto, Luís Cazengue referiu que a sua não utilização pela formação leonina se deveu a opções técnicas e não por falta de qualidade desportiva do atleta.

No Royal Antuérpia FC, acrecentou, o goleador terá de auto-superar-se para, desta vez, merecer a confiança da equipa técnica e mostrar o seu real valor.

Na formação, liderada pelo romeno László Boloni, Dala terá a concorrência no ataque dos congoleses democráticos Dieumerci Mbokani (33 anos – contratado até 2020) e Jonathan Bolingi (25 anos – contratado até 2022).

O Royal Antuérpia é um clube que evolui na primeira liga Belga há três anos, sendo conhecido como parceiro do Manchester United, da Inglaterra, na cedência de jovens talentos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.