O encontro, que contará apenas com representantes de Luanda (evoluíam na prova apenas equipas da capital), visa decidir sobre o desfecho da prova, em consequência da pandemia da Covid -19, de acordo com Tony Sofrimento, membro da Comissão de Gestão da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), em declarações hoje à Angop.

Explicou que as associações, fora de Luanda, poderão participar na reunião via skype ou whatsApp.

O Campeonato Nacional foi interrompido quando faltavam três jornadas para o final da fase regular, antes dos “play-offs”, com o Petro de Luanda como líder (49 pontos) e o 1º de Agosto na segunda posição (44).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.