Entre as partidas de maior cartaz, destaque igualmente para o jogo do detentor do troféu, Coprat de Luanda, contra os Craques de Benguela.

O emparceiramento dos oitavos-de-final, primeira das três eliminatórias rumo à final, vai ainda opor a formação da Marinha de Luanda ao Estrelas do Palácio do Lubango e o Maculusso de Luanda ao MS de Benguela, cujas partidas serão disputadas igualmente quarta-feira, nos pavilhões multi-usos “Osvaldo de Jesus Serra Van-Dúnem” e Gimnodesportivo da cidade Baixa.

O atleta Osvaldo Inácio, da RNT, lidera a lista dos marcadores, com quatro golos.

Já em femininos, cuja prova teve início igualmente no sábado, estão já apuradas para os oitavos-de-final as equipas Clínica Sagrada Esperança de Luanda (A), PC Polivalente de Benguela, Desportivo do Tombwa do Namibe (B), Exército e Desportivo da Chela (C).

Nesta classe, estão ainda por apurar as três restantes equipas que estão a depender do desfecho do jogo 4 de Junho/Veteranas do Namibe (A), interrompido na noite de segunda-feira, depois de um choque violento entre três atletas, duas das quais tiveram de ser transportadas em estado grave ao hospital.

As duas formações têm fortes chances de se apurar, caso terminem empatadas, porém uma derrota deixa as Veteranas de fora da competição.

Além das seis apuradas directamente, por terminarem a fase de grupos nos dois primeiros lugares, serão apuradas, ainda, as duas terceiras melhores colocadas, podendo a escolha recai para a Cafa do Namibe e as Veteranas do Namibe.

Com 12 golos marcados, a jogadora Zeferina Caupe, do PC de Benguela, lidera isolada a artilharia. O 4 de Junho do Huambo é o campeão em título.

Tal como em masculino, os oitavos-de-final em feminino disputam-se na quarta-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.