A selecção nacional está em vantagem de 1-0, resultado obtido na passada sexta-feira, em Banjul.

A jogar em casa, os Palancas Negras são favoritos teóricos para ampliar para três o número de vitórias ante os “escorpiões” , depois de dois triunfos e igual empates.

Angola e Gâmbia jogaram pela primeira vez em 1978, com vitória dos angolanos por 5-3, num torneio internacional por ocasião da comemoração da independência de Cabo Verde (proclamada a 5 de Julho de 1975).

Em 2010, em Portugal, na véspera da preparação para a Taça de África das Nações “Orange-Angola2010”, ambas cruzaram pela segunda vez, terminado com empate a um golo, resultado registado igualmente no terceiro encontro, em 2012, em Benguela, no âmbito do CAN 2013, na África do Sul.

Na última sexta-feira (dia seis), os angolanos voltaram a dominar os gambianos, desta vez no seu reduto, com o único golo apontado pelo central Wilson.

Sob orientação técnica do português Pedro Gonçalves, estão ao serviço da selecção nacional os atletas Toni Cabaça, Landu, Ndulu, Núrio Furtuna, Wilson, Bastos, Isaac, Show, Herenilson, Freddy, Geraldo, Fábio Abreu, Mateus Galiano, Paizo, Além, Eddy Afonso, Vá, Zito Luvumbu, Mabululo, Yano, Nandinho e Macaia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.