O financiamento relativo a 2019 e 2020 é o primeiro passo de um plano de alívio para apoiar, nos próximos dias, a comunidade do futebol, cabendo concretamente a cada filiado o valor de 500 mil Euros.

Na informação divulgada no sítio do órgão reitor da modalidade no mundo “FIFA.com”, o presidente da instituição, Gianni Infantino, afirmou que a pandemia causou desafios sem precedentes.

Em circunstâncias normais, as associações membros receberiam apenas o valor total da contribuição mediante o cumprimento de critérios específicos, em vez disso, a FIFA procede assim para ajudar a proteger a modalidade.

A segunda parcela da verba correspondente a este ano, por exemplo, só seria atribuída em Junho, mas decidiu-se pela antecipação do pagamento.

De acordo com o órgão reitor, essa assistência imediata deve ser usada para mitigar o impacto financeiro da pandemia que assola o mundo e cumprimento das obrigações, entre outras, com os funcionários.

O uso desses fundos estarão sujeitos ao processo padrão de auditoria e relatório.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.