“Termina um belo capítulo da minha vida, com uma certa emoção e tristeza, mas é uma decisão inevitável e que foi tomada bem antes da CAN2019″, escreveu na sua conta no Twitter Renard, que orientava os ‘leões do atlas’ desde 2016.

A seleção marroquina foi eliminada pelo Benim nos oitavos de final da CAN2019.

Hervé Renard, de 50 anos, já orientou várias seleções africanas, casos de Zâmbia, Angola e Costa do Marfim, contando ainda passagens por clubes como Sochaux e Lille.

JP // JP

Lusa/Fim

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.