Para o efeito, o vice-presidente da Federação Angolana de Futebol de Salão (FAFUSA), João Andrade Diniz, fará a verificação da documentação e vídeos já existentes para análise por parte da equipa técnica.

Esta informação foi prestada à Angop, nesta segunda-feira, em Luanda, pelo secretário-geral do órgão reitor da modalidade, Eliseu Major, acrescentando estar igualmente nas previsões a integração de três atletas que militam em equipas da primeira e segunda divisões de Portugal.

A ideia da FAFUSA é potenciar o conjunto nacional tendo em conta o nível competitivo de um Campeonato do Mundo, sem, no entanto, alterar significativamente o grupo de jogadores que conquistou a 3ª posição no Campeonato Africano decorrido em Marrocos, qualificativo ao mundial da Lituânia.

A pré-selecção deve iniciar com os trabalhos, sob orientação do técnico Benvindo Inácio, após a disputa do Campeonato Nacional, em Agosto, prevendo-se um estágio em Portugal ou Espanha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.