O afastamento dos camaroneses foi decidido em reunião decorrida no Ghana, devido aos sucessivos atrasos na construção das infra-estruturas, bem como questões de segurança para o torneio, que inicia dia 15 de junho do próximo ano.

Os interessados em acolher o CAN de 2019 têm 21 dias para apresentar propostas. África do Sul, Egipto e Marrocos deverão apresentar candidaturas.

Angola albergou o CAN de 2010.