O incidente ocorreu há 16 segundos do final da partida, quando o placar assinalava já a pesada derrota (61-92), e obrigou a uma paragem de quase dois minutos para que a equipa de arbitragem fosse observar imagens junto à mesa.

No entanto, o atleta pode conhecer alguma sanção, dependendo da interpretação a ser feita no relatório da equipa de arbitragem, constituída pelo nore-americano Anderson Steven, o lituano Kozlovskis Martins e Mikheyev Yevgeniy, do Kazaquistão.

Em 21 minutos em campo, Leonel converteu 12 pontos, capturou três ressaltos e fez duas assistências, sendo, uma vez mais, o segundo melhor do grupo, atrás de Yanick (15).

O atleta do Petro de Luanda, 33 anos (1,98 metro de altura), tem sido das poucas unidades positivas da equipa angolana, após 10 pontos, em 22 minutos, na partida anterior.

Angola averba o segunda derrota e ocupa o terceiro lugar do grupo D, com dois pontos, os mesmos que as Filipinas, adversária de quarta-feira, e que hoje também perdeu (67-126) frente à Sérvia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.