Na partida, disputada no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, no primeiro período as duas equipas entram muito equilibrada, mas foram os “petrolíferos” que venceram neste quarto por dez pontos de diferença (26-16).

Os “militares”, que jogaram na condição de donos da casa, apresentaram-se melhor ofensivamente no segundo quarto, mas falharam na finalização pelo que os comandados de Lazaro Adingono voltaram a vencer por 52-40, resultado ao intervalo.

A formação liderada por Walter Costa, nos dois últimos períodos não teve argumentos suficientes para travar o Petro que está a quatro jogos da quarta e última volta da fase regular da competição sem perder.

Venceram no terceiro período por 77-59, no último quarto por três pontos de diferença (99-96) e reforça a liderança com 49 pontos, seguido do 1º de Agosto que se mantém na segunda posição com 44 pts.

Edson Ndoniema (1º de Agosto) foi o melhor cestinha com 26 pontos, seguido de Valdelício Joaquim (Petro de Luanda) com 20 pts.

Na próxima jornada (5ª), a disputar sexta-feira, o Petro de Luanda defronta o Vila Clotilde, enquanto o 1º de Agosto receberá a Marinha de Guerra.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.