Na partida disputada no pavilhão 28 de Fevereiro, foram os donos da casa que venceram no primeiro período com um diferença de dois pontos (27-25).

A formação comanda pelo técnico Lazare Adingono, entrou no segundo quarto com mais  agressividade defensiva e conseguiu terminar a primeira parte do desafio a vencer (51-44).

Na terceira etapa, os petrolíferos procuram manter a mesma dinâmica defensiva, já os comandados de Alberto de Carvalho “Ginguba”, defendiam a zona para evitar sofrer muito pontos, mas os donos da casa, sem o efeito desejado, perdeu por 10 pontos (63-73).

No último período, o Interclube atirou a toalha ao tape, permitindo os visitantes fazer das suas e chegar a chapa 100 (101-83), um resultado que coloca os petrolíferos, provisoriamente, na liderança do Unitel-Basket.

Na outra partida do dia, o Desportivo Kwanza perdeu para a Universidade Lusíada, por 61-67, e o Helmarc Academia perdeu para o ASA, por 95-96.

O jogo entre o Vila Clotilde e 1º de Agosto não se realizou por causa do compromisso da equipa “militar” na AfroLiga de basquetebol no Egipto.

Na próxima jornada ( 8ª), que inicia o Petro de Luanda folga por imperativo de calendário, já o Interclube vai defrontar o ASA no pavilhão Multiuso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.