A selecção angolana de futsal sénior masculina já sonha com a participação na Copa Africana da Modalidade (CAN), que acontece de 28 de Janeiro a 9 de Fevereiro de 2020, em Marrocos.

Para o duplo desafio, o técnico principal do cinco nacional, Benvindo Inácio, revelou em exclusivo ao SAPO que ainda não tem dados do adversário, mas não se mostra intimidado com isto.

Contudo, garantiu que será feito um trabalho para ter pelo menos as últimas informações dos zambianos, a fim de estruturar melhor as estratégias de jogo: “Faremos isto porque eu gosto de conhecer as equipas que vou defrontar. Nós temos capacidade para ultrapassar o adversário, porque os nossos objectivos são mais profundos em relação a esta eliminatória”, realçou.

Inácio avançou que o objectivo do combinado é ocupar um dos três primeiros lugares do CAN, que dão acesso directo  ao Mundial. Porém, disse que acredita no potencial dos jogadores, no trabalho que tem vindo a desenvolver e na direcção da Federação Angolana da Modalidade FAFUSA.

Por sua vez, o secretário-geral daquele organismo que rege o futsal no país, Eliseu Major, explicou que serão criadas as condições necessárias entre a segunda e terceira semana de Outubro para o técnico fazer a sua convocatória.

Eliseu fez saber também que a direcção da FAFUSA não interfere nas convocatórias da selecção. “A nossa função é apenas transcrever no papel oficial da Federação e tornar pública a convocatória”, esclareceu.

Mesmo assim, o referido organismo está convicto de que maior parte dos convocados para o duplo desafio com a Zâmbia sairão das equipas de Luanda: “Temos esta convicção por força daquilo que nós vimos no campeonato que terminou há dias.”

Sobre o adversário, o dirigente sabe que começou a trabalhar mais cedo e já realizou alguns jogos amistosos com a similar da África do Sul. “O jogo com a Zâmbia inspira-nos cuidado. Eles estão a jogar com alguma antecipação, mas conhecendo o potencial dos nossos atletas, histórico e com a disciplina táctica do treinador, eu também tenho a obrigação de sonhar com a qualificação para Marrocos”, concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.