A excelente prestação da sua extremo-poste Sara Caetano (34 pontos, 12 ressaltos, 4 roubos de bola e 2 assistências) foi insuficiente para levar a equipa nacional à disputa do troféu em posse do Mali.

O conjunto angolano teve bom início de jogo, ao sair à frente no marcador no termo do primeiro quarto, por 16-14, mas claudicou no segundo período (4-22) e ao intervalo já estava em desvantagem de 16 pontos (20-36).

No reatamento, Sara e companheiras procuraram reverter a situação, conseguindo superar o adversário no terceiro período, por 19-15, e numa altura em que as estatísticas indicavam certo equilíbrio, és que as egípcias imprimiram maior velocidade e pressão defensiva, o que lhes permitiu um parcial de 20-11 no quarto e último período, fixando o placar em expressivos 21 pontos de diferença (71-50).

Angola defronta, sábado (às 16:00), para as classificativas do 3º e 4º postos o vencido da meia-final de mais logo, a partir das 19:45, entre o Mali e Moçambique, enquanto o vencedor desta partida disputa o título, também sábado (18:30), diante do Egipto.

Ainda sábado, Rwanda e Uganda jogam para encontrar-se o quinto e sexto classificados, enquanto a Tanzânia ocupou a sétima e última posição do torneio.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.