Eis os atletas e suas categorias de peso: Nair Garcia, menos de 60 kg, Edmilson Pedro, menos 66, Acácio Cassule, menos de 73, Cama Filemon, mais de 100, Diasonema Neide, menos de 57, e Priscila Marta, menos de 73 kg.

Entre os convocados do treinador Ângelo António, realce para o atleta do 1.º de Agosto, Nair Garcia, que conquistou a medalha de bronze na edição passada do evento, decorrida em 2015, na cidade de Brazavile, República do Congo.

Nesta altura, os atletas ensaiam as últimas quedas em Luanda apesar da falta de condições desejadas para os treinos. Contudo, esperam representar bem o nome do país nos Jogos Africanos.

A informação foi avançada em exclusivo ao SAPO pelo presidente da Federação Angolana de Judo, Paulo Nzinga, mais conhecido como Mestre Apoló, que será o chefe da delegação desta modalidade.

“Temos dificuldades em termos de condições de trabalho, mas os atletas estão a treinar com o espirito de vitória e acreditamos que vão dar os seus máximos na prova. O judo dificilmente deixa mal o país nas competições internacionais”, salientou o mestre com a graduação de sexto Dan.

De salientar que a delegação angolana de judo para os referidos Jogos será constituída por oito elementos, sendo seis atletas, um técnico e o chefe.

Recorde-se que nos Jogos Africanos de Brazavile, Angola participou com dois judocas e conquistou igual número de medalhas, uma de ouro e bronze.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.