De acordo com a ex-atleta do Petro de Luanda, que falava à Angop a propósito do último duelo da fase de grupo, trata-se de uma adversária mais lenta na recuperação defensiva, situação que Angola pode explorar caso seja veloz no ataque.

Comparativamente aos resultados das oponentes ao longo das quatro rondas afirmou que Angola defende-se melhor, citando como exemplo a derrota diante da Noruega (24-30) e o desaire da rival ante a mesma adversária (16-47).

A 7ª colocada do campeonato do mundo “França 2007” disse esperar que o conjunto nacional consiga manter o ritmo competitivo demonstrado esta manhã diante da vice- campeã do mundo e suplante o opositor que ainda não triunfou na prova.

Em quatro jogos, Angola perdeu com a Sérvia (25-32), Holanda (28-35), Noruega (24-30) e venceu Eslovénia (24-30).

Já Cuba foi derrotada pela Sérvia (16-27), Holanda (23-51) e Noruega (16-47).

Nair de Almeida foi campeã nacional por 14 vezes (4 pelo 1º de Agosto e 10 pelo Petro de Atlético de Luanda).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.