Lideradas pelo já falecido Jerónimo Neto, o combinado nacional obteve um inédito sétimo lugar contra o 13º posto alcançado no campeonato anterior, decorrido na Rússia, em 2005.

Na estreia, as "Pérolas", inseridas no grupo C, perderam com a Noruega por 26-32 e venceram a Áustria (33-22) na jornada seguinte, encerrando a fase inicial com novo triunfo diante da República Dominicana (41-20).

Na segunda etapa, Angola venceu a anfitriã França por 29-27, derrotou a Croácia (34-28) e baqueou ante a Rússia (27-40), passando para as meias-finais, onde perdeu com a Alemanha por 33-36.

A participação angolana também teve um registo notável a nível individual, com a consagração de Marcelina Quiala como terceira melhor marcadora da competição, com 72 golos em 162 tentativas. Na altura, a ex-meia-distância do Petro de Luanda tinha 27 anos de idade.

Outra atleta “petrolífera”, Nair Almeida, também constou da lista das melhores “artilheiras”, ao posicionar-se na sexta posição, com 57 golos em 108 tentativas.

HISTÓRICO DE PARTICIPAÇÕES DE ANGOLA EM CAMPEONATOS DO MUNDO

1ª - 199: Coreia do Sul  (16ª posição)

2ª - 1993: Noruega (16ª)

3ª - 1995: Áustria e Hungria (16ª)

4ª - 1997: Alemanha (15ª)

5ª - 1999: Noruega e Dinamarca (15ª)

6ª - 2001: Itália (13ª)

7ª - 2003: Croácia (17ª)

8ª - 2005: Rússia (16ª)

9ª - 2007:  França (7ª)

10ª - 2009: China (11ª)

11ª - 2011: Brasil (8ª)

12ª - 2013: Sérvia (14ª)

13ª - 2015: Dinamarca (16ª)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.