O tricampeão nacional, 1.º de Agosto, já sonha com a final da Liga dos Clubes Campeões de África em futebol, após chegar pela primeira vez nas meias-finais da edição passada.

Entretanto, o técnico-adjunto do clube, Ivo Traça, em conferência de imprensa, disse: “Sonhar não é proibido. Se, na competição passada, chegámos às meias-finais, então vamos lutar para chegar à final.”

Traça, ex- jogador deste clube militar, fez saber que o objectivo inicial da equipa é vencer as duas primeiras eliminatórias de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões. Contudo, espera que o plantel consiga melhorar a prestação na prova, tendo em conta os reforços, com destaque para o regresso de Ary Papel, que ainda tem vínculo contratual com o Sporting de Portugal.

Recorde-se que no jogo da primeira mão da Liga dos Campeões, na última quarta-feira, o 1.º de Agosto recebeu e venceu o Otoho d’Oyo por 4-2, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda.

Na edição passada da prova, a equipa angolana foi eliminada na Tunísia frente ao Esperance de Tunis, em jogo da segunda mão das meias-finais, por 3-2.

Aquele desafio é considerado o mais polémico de todos os tempos da Liga, pelo facto de o árbitro ter demonstrado claramente estar corrompido. Além disso, a Polícia tunisina lançou gás lacrimogéneo durante o jogo, que chegou a dificultar a prestação de alguns jogadores da equipa agostina.

Viu-se também os adeptos do Esperance a lançarem fogo-de-artifício e outros objectos para o rectângulo de jogo.