A equipa militar do 1.º de Agosto ambiciona superar as meias-finais na Liga dos Clubes Campeões de África em futebol nesta época 2019/20, após chegar nesta fase na competição antepassada.

A informação foi avançada pelo vice-presidente do clube para o futebol, Paulo Jorge Magueijo: “Eu disse numa das entrevistas que pretendíamos fazer mais do que aquilo que fizemos. A última vez que tivemos na fase de grupos chegamos às meias-finais.”

De acordo com o dirigente, apesar de a equipa chegar recentemente na fase de grupos da Liga, valeu mais pelo facto de passarem a eliminatória do que a exibição. Porém, fez perceber que às vezes vale a pena jogar mal e vencer o jogo: “As finais são para serem ganhas e não para serem bem jogadas.”

Contudo,  acredita que os jogadores poderão fazer muito mais: “Apesar de tudo, eles conseguem muito mais e esta confiança tem de estar dentro deles. Vamos continuar a trabalhar com muita atenção.”

Quanto aos adversários potentes, não se mostrou intimidado e recordou alguns ‘gigantes’ que a equipa travou na época antepassada com realce para o TP Mazembe da Republica Democrática do Congo e o Esperance de Tunis.

“Tivemos adversários teoricamente mais fortes mas jogámos e nos apurámos. Agora qualquer um serve”, realçou.

Magueijo disse que o plantel está fechado apesar de ainda haver chance para inscrição de jogadores na Liga, de acordo com a Confederação Africana de Futebol (CAF), que orienta fazê-lo em Janeiro próximo.

Nesta época 2019/20, o 1º de Agosto trabalha também para ser o pentacampeão nacional bem como reconquistar a Taça de Angola e recuperar a Supertaça.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.