As vendas a retalho em Espanha caíram 6,8% em 2012, face ao ano anterior, somando assim o quinto ano consecutivo de reduções e o maior recuo desde o início da crise, segundo dados hoje divulgados.

Também o emprego no sector recuou 1,2% - somando quatro anos consecutivos de descidas - segundo os indicadores hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol e que são calculados a preços constantes (sem o efeito da inflação).

Em Dezembro os comércios a retalho em Espanha facturaram menos 10,2%, somando 30 meses consecutivos de descidas, com o emprego no sector a recuar 1,4%, em 53 meses consecutivos de cortes.

@Lusa

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.