No seu livro de memórias, John Bolton revela que, à margem da cimeira do G20 em Osaka, no Japão, em 2019, Trump terá pedido ao homólogo chinês para o ajudar na sua reeleição, realçando a importância que compras de soja e trigo por parte da China aos Estado Unidos, poderiam ter no desfecho da eleição.

Bolton relata ainda que quando Xi Jinping explicou a Donald Trump que construía campos para os uigures, o Presidente norte-americano terá apoiado decisão, dizendo que era a medida certa.

O Presidente Donald Trump já reagiu através da rede social Twitter, acusando o antigo conselheiro de segurança nacional de publicar mentiras, histórias falsas e de ser um "tonto" que só queria entrar em guerra.

O advogado de Jonh Bolton garante que livro do seu cliente não contém informação confidencial e que o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca reviu, durante meses, o conteúdo da publicação. Argumentos que não convencem a Casa Branca, sendo que o departamento de justiça pediu uma providência cautelar

O lançamento de “A Sala onde tudo aconteceu: Memórias da Casa Branca” está previsto ser publicado a 23 de Junho, mas já foi catapultado para o topo das vendas, através de reservas, no site da Amazon.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.