A primeira vitória aconteceu nesta sexta-feira, 31, quando 51 senadores republicanos votaram contra a convocação de testemunhas, como defendido pelos democratas.

Dois republicanos juntaram-se à oposição.

Donald Trump é o terceiro Presidente na história a ter um processo de impugnação e o primeiro julgamento sem testemunhas.

É praticamente certo que o Senado vai absolver Trump das acusações de impugnação, já que são necessários dois terços dos votos dos senadores para remover o Presidente do cargo e nenhum dos 53 senadores republicanos indicou que votará pela condenação.

“A América vai lembrar este dia, infelizmente, onde o Senado não esteve à altura das suas responsabilidades, em que o Senado se afastou da verdade e conduziu uma farsa de julgamento”, disse o líder democrata no Senado, Chuck Schumer, a jornalistas.

Um dos principais argumentos dos republicanos para rejeitar novas testemunhas e provas é o de que era tarefa da Câmara de Deputados apresentar todas as evidências, e não do Senado.

Além disso, se o Senado aprovasse a convocação, o julgamento iria prolongar-se, o que não interessa aos republicanos..

Trump foi acusado pelos democratos de abuso de poder, ao reter a ajuda militar à Ucrânia em troca de uma investigação aos negócios do filho do antigo vice-presidente e provável adversário na eleição de Novembro, Joe Biden, e de obstrução do Congresso ao não fornecer documentos nem permitir que os membros da sua Administração testemunhassem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.