O alerta publicado no portal do Governo “desaconselha todas as viagens não essenciais na estrada nacional 1 (EN1) entre Inchope e a localidade de Gorongosa e na estrada nacional 6 (EN6) entre Tica e Inchope”.

Aqueles troços de estrada têm sido palco de ataques armados atribuídos pelas autoridades a guerrilheiros da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) e que desde agosto já provocaram 10 mortos e vários feridos.

O partido afasta-se dos incidentes e diz estar a cumprir as ações de desarmamento que constam do acordo de paz de 06 de agosto, mas um grupo de guerrilheiros dissidentes permanece entrincheirado na região, reivindicando melhores condições de desmobilização.

O alerta do Reino Unido surge depois de os Estados Unidos e Canadá também terem atualizado nos últimos dias alertas a desaconselhar viagens por terra em Moçambique, no caso, na região de Cabo Delgado, afetada por ataques armados junto às principais estradas do Norte da província.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.