Que a água é fonte de vida, todos nós o sabemos, mas a verdade é que nem sempre a respeitamos como tal e a prova está nos constantes alertas que recebemos sobre a escassez deste recurso natural, que pode colocar em risco a sobrevivência no Planeta Terra.

Por isso, para seu bem e para o bem do ambiente, deixamos-lhe algumas dicas que podem ser úteis:

- Quando estiver a chover, coloque baldes, alguidares ou depósitos na varanda ou em outro local que permita a recolha da água da chuva. Esta pode ser utilizada para regar as plantas, dar de beber a animais ou colocar nos reservatórios dos autoclismos;

- Realize as regas nas horas de menor calor - o início ou o fim do dia são os melhores momentos para regar, pois para além de não ser prejudicial para a agricultura ou para as plantas, também se está a evitar o desperdício de água;

- Quando pensar em cultivar plantas ornamentais no jardim, escolha aquelas que têm baixas necessidades de água e que estão adaptadas ao nosso clima, as denominadas plantas autóctones;

- Diminua a frequência da lavagem dos pátios e outras áreas, devendo eliminá-las sempre que possível. Opte por fazer as limpezas com a vassoura ou um pano humedecido;

- Quando lavar o automóvel, opte por fazê-lo com um balde com água e detergente e uma esponja, a mangueira, de preferêncioa com um mecanismo que controle o caudal da água, deve ser só utilizada para retirar a espuma;

- Privilegie os pavimentos ou revestimentos porosos nos espaços de acesso à habitação, pois facilitam a infiltração, permitindo que a água da chuva penetre no interior do solo, o que promove a sua reposição no ciclo da água;

- As máquinas de lavar loiça e roupa gastam entre 40 a 100 litros de água por lavagem, por isso para uma maior economia de água, e até de energia, opte pelos modelos mais económicos e só as utilize com cargas completas;

- Aproveite a água de lavagem dos alimentos ou da limpeza dos aquários para regar as plantas;

- Opte pelo duche em vez de um banho de imersão e preferencialmente proceda à instalação de um chuveiro de caudal reduzido;

- Escove os dentes, faça a barba ou ensaboe as mãos ou o corpo sempre de torneira fechada;

- Lavar a loiça à mão gasta mais água do que a lavar na máquina, mas se a lavagem manual é a única solução junte uma quantidade razoável de louça e encha a pia de água;

- No tanque, coloque as peças de roupa de molho e depois utilize a mesma água para lavar e ensaboar;

- Se tiver piscina em casa, coloque-lhe uma cobertura para reduzir as perdas de água por efeito de evaporação;

- Não deixe as torneiras a pingar, se possível opte por torneiras de monocomando, pois têm menores probabilidades de ficarem a pingar;

- Nos autoclismos pode-se poupar grandes quantidades de água, por isso tenha sempre o cuidado de verificar se o reservatório do autoclismo perde água, utilize-o apenas quando é necessário e coloque uma garrafa de litro e meio cheia de areia dentro do depósito do autoclismo para diminuir a quantidade de água descarregada.

Agora, passe a palavra e poupe muitos litros de água!

Fonte: ABC do Ambiente

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.