A cerimónia protocolar, decorrida no Palácio Presidencial, formaliza o início de funções do embaixador Kim Chang-Sak junto do Estado angolano.

Formado em Relações Internacionais, o diplomata coreano também responde pelos interesses do seu país junto das autoridades da República da Namíbia.

Já exerceu funções idênticas no Canadá, Costa Rica, Federação Russa, Grã-Bretanha, Irlanda do Norte e Portugal.

Em declarações à imprensa no final da cerimónia, Kin Chang-Sak defendeu o incremento das relações entre os dois Estados, no âmbito da diversificação da economia nacional.

As relações entre os dois países datam desde a independência de Angola a 11 de Novembro de 1975. As partes cooperam nos domínios da saúde, construção e informação tecnológica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.