As unidades da PIR foram chamadas por elementos da polícia nacional que tinham exigido que os manifestantes se deslocassem para uma zona mais afastada.

Segundo Kambolo Tiaka- Tiaka, coordenador da Plataforma Cazenga em Acção (Placa), disse que a policia “agiu com brutalidade” contra os manifestantes usando gaz lacrimogéneo e “pistolas electricas”.

As organizações Projecto Agir e Plataforma Cazenga em Acção (Placa), sedeados nos municípios de Cacuaco e Cazenga, disseram que irão apelar ao boicote das eleições autárquicas caso um pacote legislativo prevendo eleições autárquicas em todos os municípios, não seja aprovado.

O governo tem defendido o principio do “gradualismo” afirmando que não há condições para autarquias funcionarem em todo o país

“Uma coisa eu garanto se não tiverem em conta as nossas reclamações nós Projecto Agir e Plataforma Cazenga em Acção (Placa), vamos boicotar as autarquias”,disse.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.