Segundo a porta-voz Alyssa Farah, "esta informação é falsa, os Estados Unidos não planeiam enviar 14 mil homens adicionais ao Oriente Médio".

The Wall Street Journal tinha escrito que o Pentágono pretendia mobilizar mais 14 mil militares na região, incluindo "dezenas" de navios, visando duplicar o número de tropas das forças americanas a partir do início do ano.

De acordo com o jornal, o presidente Donald Trump poderia tomar a decisão sobre o aumento de tropas ainda este mês.

A medida ocorreria após uma série de ataques contra cargueiros e petroleiros, e um bombardeio com drones e mísseis a instalações petroleiras na Arábia Saudita em setembro, todos atribuídos ao Irão.

Washington já aumentou sua presença militar no Golfo e ampliou as sanções económicas contra Teerão, elevando a tensão em toda a região.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.