Em declarações à imprensa, à margem da homenagem ao nacionalista Malaquias António, indicou que neste momento se aguarda pela conclusão do pacote legislativo autárquico em discussão na Assembleia Nacional.

Elucidou que foi o seu partido que colocou na agenda política a questão das eleições autárquicas, por ser um imperativo constitucional.

Luísa Damião augura que o processo decorra com responsabilidade,   para o cumprimento dos objectivos preconizados na Constituição.

Lamentou, por outro lado, o surgimento da Covid-19, sublinhando, a esse respeito, que a preservação do bem vida constitui prioridade das autoridades angolanas.

Ao referir-se à personalidade do nacionalista Malaquias António, que hoje completa 83 anos de idade, considerou-o um militante  dinâmico e comprometido com a causa  do partido, sendo um exemplo para as novas gerações.

“A história de Angola é a história do MPLA” declarou, na ocasião, o nacionalista Malaquias António que durante a homenagem recebeu uma viatura e electrodomésticos.

Malaquias António destacou-se na Luta de Libertação Nacional, que culminou com a proclamação da independência do país, em Novembro de 1975.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.