Lembrou que os jovens têm “grande responsabilidade” neste processo, para solucionarem os problemas socioeconómicos da população, reforçou o político que falava num encontro com os 90 delegados ao VIII Congresso Ordinário da JMPLA que se realizada de 10 a 12 deste mês, em Luanda.

Para o político, os militantes da JMPLA devem tomar a dianteira nas eleições autárquicas, devendo colocar todo o seu saber académico e profissional.

“ A JMPLA sempre foi uma organização dinâmica no processo democrático, votando com  consciência e responsabilidade, para o bem do partido e do país, tendo sempre em atenção a sua conduta cívica e patriótica”, asseverou.

Apelou os delegados a participar activamente no congresso, debitando conhecimentos para a resolução dos problemas que afligem a juventude como o desemprego, uso de drogas, álcool e outros males.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.