Aos 21 anos, Nelsa Suraia Pombal Alves foi eleita a mais bela do país no concurso Miss Angola 2009. A até então estudante universitária de Engenharia do Ambiente viu a sua vida sofrer algumas mudanças radicais: representando o país dentro e fora das fronteiras no mundo da moda, dando a voz e imagem a campanhas de solidariedade.
 
“A primeira vez que pisei na passerelle foi no concurso Miss Ingombota. Mas desde muito pequena que os meus amigos e familiares me diziam que seria Miss, por causa da postura e também devido ao meu perfil físico. Nunca tinha sido um sonho. Quando fiz 21 anos e ouvi a publicidade do concurso Miss Ingombota, senti que deveria participar para granjear alguma experiência.” Contou-nos ela
 
Definindo-se como uma pessoa simples, tímida e teimosa, salientou que se tornou mais descontraída e sociável após o concurso.
 
Admiradora das estilistas Lisete Pote e Elisabete Santos, tem como grande referência a manequim Karina Silva com personalidade única em palco.
 
Nelsa está a um dia de passar a coroa e a faixa à sua sucessora. A eleição da Miss Angola 2010 será dia 11 de Dezembro, e vai ter lugar no Centro de Convenções de Talatona.
 
 
Nelsa já fez alguns trabalhos como modelo mas realçou o seguinte: “Não quero fazer disso uma profissão, mas sempre que receber um convite pretendo avaliar. A Step Model tem um projecto bom que é o Prêt-à-Porter, um desfile para angariar fundos para ajudar instituições e escolas públicas a adquirir livros. Espero, no futuro, poder prestar solidariedade através de eventos desse género.”
 
 
Curiosamente, a actual Miss pretende casar e constituir família e ter quatro filhos biológicos e dois adoptados.
 
 
Perfil
 
Nome: Nelsa Suraia Pombal Alves
Data de nascimento: 6 de Julho de 1987
Naturalidade: Luanda
Pratos preferidos: Mufete, funge de calulu, bacalhau com natas, marisco
Música: Kizomba, semba, Paulo Flores, Eduardo Paim, Heavy C, Pérola, Ary, Beyoncé.
Qualidade que mais aprecia: Simplicidade
Defeito que detesta: Falsidade
Viagem: Bahamas
 
Citação preferida:
Não existem fracassos que diminuam o meu valor enquanto pessoa, pelo contrário, eles renovam a minha coragem e iniciativa.
 
Por: Sapo.ao