Manu Dibango morreu aos 86 anos. A família do cantor e saxofonista anunciou a sua morte por Covid-19, a doença causada pelo coronavírus.

“Queridos pais, queridos amigos, queridos fãs, uma voz se eleva ao longe … É com profunda tristeza que anunciamos a morte de Manu Dibango, nosso ‘Papy Groove’, a 24 de Março de 2020 aos 86 anos, vítima do Covid-19 “, anunciaram.

Manu Dibango chegou a Marselha em 1949, ainda adolescente. Integrou a ordem nacional da Legião de Honra em 2010. O  artista camaronês encontrava-se em grande forma e fez uma tournée no ano passado para assinalar os 60 anos de carreira, com Safari Symphonique que cruza jazz e música clássica.

O saxofonista camaronês mantinha um bom humor e dinamismo inalteráveis. Manu Dibango era um gigante pelo seu tamanho e talento, mas também pela sua bondade e entusiasmo comunicativo.

A 18 de Março, a contaminação com o novo coronavírus foi anunciada na sua página no Facebook.

O comunicado de imprensa levantou esperança de que o colosso sólido, com 86 anos, superasse este golpe terrível. Não foi sido o caso. “O funeral será realizado em intimidade familiar, e um tributo lhe será feito o mais rápido possível”, indica a família em comunicado.

Durante sua longa e densa carreira, Manu Dibango levou para todo o lado esta figura alta e seu sorriso reconhecível entre mil, nos cinco continentes. Tocou em vários estilos musicais, colaborou com músicos africanos, estrelas do rock como Peter Gabriel, cantores franceses como Serge Gainsbourg, pessoas de jazz como o baixista Jérôme Regard …

Um de seus grandes sucessos, o irresistível Soul Makossa, inspirado num ritmo do movimento epónimo, lançado em 1972, seduziu Michael Jackson que o citou no final de seu electrizante Wanna Be Starting Something, sem creditá-lo no genérico, o seu álbum de 1982 tornou-se um sucesso à escala global. Um julgamento e um acordo financeiro seguiram. A história repete-se, uns anos depois com a cantora Rihanna que usou, sem autorização o tema musical de Soul Makossa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.