O apelo para os militantes do partido no poder veio do membro do Comite Provincial do MPLA no Huambo, José Manuel dos Santos, durante a palestra sobre a “Génese, trajectória e as lideranças do MPLA ao longo do percurso histórico, desde 1956 a 2018”.

Para tal, exortou os militantes a empenharem-se, ao máximo, no cumprimento de todas as orientações, o que vai tornar o partido mais transparente.

“Hoje o partido é o que governa, por isso é preciso cumprir as orientações do seu Presidente nas lutas que tem estado a abraçar, no sentido de tornar os comités de acções e os militantes em verdadeiros activistas políticos do MPLA, mas também, virados no campo do desenvolvimento socioeconómico do país, em prol do bem-estar dos angolanos”, defendeu.

Durante a palestra, de abertura da jornada do 10 de Dezembro, Dia da fundação do MPLA, José Manuel dos Santos aconselhou os militantes a ser firmes nos ideais do partido que, ao longo do seu percurso histórico, observou várias mudanças, mas de forma pacífica e com maturidade que nutre esta agremiação.

Considerou positivo o percurso histórico do MPLA, tendo em conta o facto de ter conquistado a independência, consolidado a integridade territorial, a unidade nacional, implantado a democracia, o multipartidarismo, o sistema de comércio livre, entre várias mudanças importantes que ocorreram no país.