O Presidente da República interino da Guiné-Bissau, Raimundo Pereira, disse hoje esperar que as mortes dos ex-ministros Hélder Proença e Baciro Dabó, que era também candidato presidencial, sejam "devidamente esclarecidas pelas autoridades competentes".

"Espero que as circunstâncias que determinaram um desfecho tão trágico e consequentemente a morte de Hélder Proença, Baciro Dabó e dois compatriotas que acompanhavam Hélder Proença sejam devidamente esclarecidas pelas autoridades competentes", afirmou Raimundo Pereira, sublinhando que a "opinião pública guineense merece esse esclarecimento".

"A consciência moral dos cidadãos exigiu-o, a boa imagem das nossas Forças Armadas precisa dessa clarificação para se consolidar", sublinhou o Presidente interino, numa mensagem à Nação para confirmar 28 de Junho como a data para a realização das eleições presidenciais antecipadas.

SAPO com Lusa

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.