O Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), vencedor das legislativas guineenses, realizadas em 2019, promove nesta quinta-feira (21.05.) um encontro com os partidos com assento parlamentar para debater a situação política do país.

O início do encontro, que deverá decorrer na sede nacional do partido, em Bissau, está marcado para as 10:00 locais.

O objetivo do encontro, segundo fonte do partido, é procurar um consenso para formar um novo Governo inclusivo, mas liderado pelo PAIGC, que venceu as legislativas, no sentido de realizar as grandes reformas, incluindo a revisão constitucional.

Novo Governo até sexta-feira?

O convite do PAIGC ao Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15), Partido da Renovação Social (PRS), Assembleia do Povo Unido - Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), Partido da Nova Democracia e União para Mudança foi feito na quarta-feira.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que tem mediado a crise política no país, instou, em abril, o chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, a nomear um novo Governo, que respeite os resultados das legislativas de 2019, até sexta-feira (22.05).

No mesmo comunicado, a CEDEAO reconheceu Umaro Sissoco Embaló como vencedor das presidenciais e pediu às autoridades e classe política guineenses para encetarem diligência para promover a revisão constitucional no prazo de seis meses e a realizar um referendo.

por: Agência Lusa, bd

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.