Em comunicado, o Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) revelou que a decisão foi tomada numa Assembleia de trabalhadores da RNA nesta segunda-feira, 22.

Um dos pontos principais da greve prende-se com a falta de reajuste salarial, apesar de o Governo ter reforçado recentemente o orçamento da RNA.

O Ministério da Comunicação Social (MCS) já reagiu ao anúncio de greve e apelou ao diálogo entre o SJA e o Conselho de Administração da RNA, visando um entendimento para evitar a greve.

O MCS manifestou também o seu total empenho para continuar a exercer o seu papel conciliador entre as partes, no estrito cumprimento da lei e das suas responsabilidades orgânicas.

Nesse sentido, recomendou o CA da RNA a criar uma comissão de reclamações, com a participação de um representante do Sindicato e do Ministério da Comunicação Social, para avaliar e decidir sobre as reivindicações apresentadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.