“Tenho alguma alergia em referir-me a estes, números, quando um só cabo-verdiano, jovem com vontade de trabalhar e está em casa sem poder exercer a sua actividade profissional”, pontuou Carlos Lopes.

O governante fez essas considerações no encerramento da sessão da “Conversa Aberta “10% empreendedor – como viver o seu sonho de criar uma start up sem deixar o seu emprego”, promovida pela embaixada dos Estados Unidos de América, na Praia, e o Instituto de Apoio e Promoção Empresarial (Pró-Empresa), tendo como orador o escritor Patrick McGinnis.

Pedro Lopes, que desafiou os jovens cabo-verdianos a serem “empreendedores”, revelou que actualmente existem no país 318.300 utilizadores activos da Internet, o equivale, segundo ele, a 57 por cento da população, sendo que a maioria deles “utilizadores do mobile”, ou seja, não precisam de um computador.

Diante de uma plateia constituída na sua maioria por jovens, o secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional afirmou que hoje estes têm “mais acesso ao crédito”, devido ao “esforço enorme” do Governo que, prossegue, entendeu que o maior problema da juventude se prendia com a “falta de acesso ao crédito”.

De acordo com as suas palavras, instituições como a Pró-Empresa, são “parceiro ideal” dos jovens e o canal de comunicação entre estes a banca para “projectos bancáveis”.

Revelou, por outro lado, a preocupação do Governo em levar aos jovens, que estão longe da capital, as informações relativas às oportunidades que se lhes abrem no quadro do empreendedorismo/jovem, tendo para o efeito assinado, recentemente, um acordo com as camaras municipais para que o financiamento não se faça apenas em relação àqueles que estão na capital.

“Queremos chegar a todos os municípios e a todas a ilhas”, assegurou o governante, acrescentando que foi igualmente assinado acordo com a banca no sentido de ajudar os jovens cabo-verdianos a concretizar as suas ideias.

Entretanto, na segunda-feira, Patrick McGinnis uma palestra sobre o tema “Como empreender no jornalismo – ideias para incrementar o negócio na indústria da media”, promovida pela Associação Sindical dos Jornalista de Cabo Verde (AJOC), em parceria com a embaixada dos Estados Unidos.

Patrick McGinnis é especialista na área do empreendedorismo, tendo investido, prestado assessoria ou fundado mais de 20 iniciativas empresariais nos Estados Unidos, América Latina e na Europa, abrangendo indústrias de alta tecnologia, imóveis e de entretenimento.

É escritor, especialista em comunicação e autor do best seller “10% Entrepreneur – Live your startup dream without quitting your day job”.


Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.