O incidente registou-se no domingo, na comuna de Ambuiva, município de Seles, quando uma das crianças ao deparar-se com o engenho chamou os amigos para brincarem, provocando com batidas a sua explosão.

Segundo o diretor clínico do Hospital Geral 17 de Setembro, Faria Lucas, as crianças deram entrada no banco de urgência com lesões graves, estando duas nos cuidados intensivos.

Faria Lucas, que falava à rádio pública angolana, disse que uma das crianças apresenta lesões ao nível do globo ocular, tendo sido transferida para a província de Benguela, para um hospital de referência, “em função do seu quadro clínico”.

O médico explicou que “outra criança teve lesões graves a nível da região do tórax” e “uma teve também várias perfurações intestinais” provocadas pelo engenho explosivo, encontrando-se as duas nos cuidados intensivos.

Os acidentes com minas ainda são recorrentes em Angola, fruto de mais de três décadas de guerra civil, com vários intervenientes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.