A decisão foi tomada em meio a uma disputa acirrada pelo comando da do partido na Câmara, em um reflexo da crise vivida pelo partido.

Desde a semana passada, deputados da bancada têm promovido uma “guerra” de listas para definir o nome do líder que irá representar a bancada, que é composta por 53 parlamentares.

Já foram apresentadas seis listas.

A mais recente foi validada na manhã desta segunda-feira pela Secretaria Geral da Câmara e fez de Eduardo Bolsonaro o líder da bancada no lugar de Delegado Waldir (PSL-GO).

No entanto, ainda há outras duas listas na fila de conferência e ele pode ser destituído a qualquer momento.

O nome de Eduardo Bolsonaro tem o apoio do grupo mais fiel ao Presidente Jair Bolsonaro.

A eleição de Eduardo Bolsonaro é apontado por observadores como estratégica para que ele venha a ser nomeado pelo Senado para o cargo de embaixador nos Estados Unidos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.