À chegada, o político português recebeu cumprimentos de boas-vindas, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, do secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, e de outras individualidades presentes para o efeito.

Durão Barroso (ex-presidente da Comissão Europeia 2004-2014), que não prestou declarações à imprensa, vai debruçar-se (no primeiro dia do evento) sobre "A experiência da diplomacia portuguesa na construção do processo de paz para Angola".

Com o mesmo objectivo, chegaram (terça-feira) à cidade de Luanda o ex-presidente de Cabo Verde, Pedro Pires, e o vice-presidente da Namíbia, Nangolo Mbumba, além de mais de duas dezenas de outros convidados, incluindo da Rússia, Cuba, África do Sul e Guiné-Bissau.

Sob o lema “MPLA-Uma trajectória de luta e de vitórias”, o evento tem como objectivo dar sequência ao processo de investigação e divulgação do percurso histórico do partido no poder em Angola e reflectir sobre o seu legado.

O II Colóquio Internacional sobre a História do MPLA contará com dois mil participantes, entre os quais políticos, académicos e especialistas angolanos e estrangeiros, estando aberto a todos os interessados, sobretudo a jovens e estudantes.

Em dois dias, vai abordar, entre outros temas, “A independência e os desafios da construção do Estado (1975-1979)”, “MPLA - Contexto internacional e a mudança do sistema político em Angola (1986-1991)”.

“O papel dirigente do MPLA na consolidação das instituições democráticas: Do retorno à guerra à conquista da Paz (1992-2002)", também fará parte dos debates desse evento político internacional.

O I Colóquio Internacional sobre a História do MPLA realizou-se de 6 a 8 de Dezembro de 2011, no âmbito das comemorações do 55º aniversário da sua fundação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.