O assunto vai ser analisado pela comissão técnica do Ministério da Educação e, depois, o Governo tomará a decisão, mas em Bissau a mobilização contra a doença é visivel.

Os estudantes da Faculdade da Medicina Raúl Diaz Argüelles querem que as autoridades guineeses fechem as fronteiras com os países vizinhos que ja confirmaram os casos de COVID-19.

Em entrevista à VOA, à margem do lançamento da campanha de sensibilização, e prevenção da pandemia do coronavírus, a presidente da Associação dos Estudantes, Felicia Júlio Fernandes, disse que “se não se fecharem as fronteiras os países vizinhos que têm casos de coronavirus, vamos estar em perigo.

“Apelamos as autoridades do país que nos ajudem”, disse.

Sobre a falta de materiais sanitários, Fernandes afirmou que “é uma prioridade”

No domingo, 15, o Governo de Nuno Gomes Nabian ordenou o encerramento de quiosques e discotecas e proibiu as atividades tradicionais com aglomeraçao das pessoas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.