O Governo angolano aprovou hoje a declaração do estado de calamidade pública, com medidas que vão começar a vigorar logo após o terceiro período de estado de emergência que termina hoje às 23:59, preparando um "processo gradual de regresso a normalidade da vida social".

Serão válidos até 30 de agosto, os seguintes documentos: bilhete de identidade, carta de condução, livrete de viatura, título de propriedade automóvel, passaporte, cartão de estrangeiro residente e vistos concedidos a cidadãos estrangeiros, licenças ou qualificações de pessoal aeronáutico, marítimo ou ferroviário.

Por outro lado, não pode ser suspenso o pagamento de pensões por falta de prova de vida enquanto durar a situação de calamidade pública.

A regularização de pagamentos dos serviços de energia e água deve ser tratada até 26 de julho e a das rendas em atraso até 31 de agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.