O número de mortes por Covid-19 em África chegou a 148, já o número de casos de pessoas infetadas se aproxima dos 5 mil em 46 países do continente. O novo balanço foi apresentado pelo Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças da União Africana (CDC África).

Até ao final da manhã desta segunda-feira (30.03), 20 países africanos registaram vítimas mortais associadas ao novo coronavírus. O levantamento do CDC África aponta ainda que 335 pessoas que haviam sido infetadas estão agora recuperadas.

Nos PALOP, Angola confirmou o oitavo caso de infeção e registou as duas primeiras mortes associadas à Covid-19 neste domingo (29.03). Cabo Verde regista seis casos e uma morte, enquanto Moçambique e Guiné-Bissau confirmaram o mesmo número de casos, oito.

Dos países lusófonos, apenas São Tomé e Príncipe não tem qualquer caso confirmado.

Mais registos de casos

O norte de África é a região que regista mais contágios e mortes associadas à doença, contabilizando 1.922 infeções, 105 mortes e 223 doentes recuperados. Na África Austral há 1.346 infetados, quatro mortos e 31 pessoas conseguiram recuperar. A África Ocidental regista 861 casos de infeção, que resultaram em 22 mortes e 66 recuperações.

O CDC África indicou nas estatísticas apresentadas que dos 55 países e territórios membros da União Africana, 24 decretaram o encerramento total das fronteiras, 10 suspenderam os voos internacionais e 14 impuseram restrições a viagens ou à entrada de estrangeiros provenientes de determinados países.

A maioria dos estados da União Africana decretou quarentena obrigatória para os viajantes oriundos de países de risco.

A situação de pandemia foi declarada pela Organização Mundial de Saúde depois que o surto que começou em dezembro na China se espalhou pelo mundo. O novo coronavírus já infetou mais de 700 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 33 mil morreram.

por: Agência Lusa, mo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.