A cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto de coronavírus, construiu um hospital em 10 dias para tratar pacientes com suspeita de terem contraído a doença respiratória.

Guindastes e escavadeiras durante a construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

O Hospital Huoshenshan, de 25 mil metros quadrados, um dos dois novos hospitais em construção no país, está previsto para ser inaugurado nesta segunda-feira (03).

Em 24 de janeiro, escavadeiras limpavam o terreno onde a unidade de saúde começaria a ser erguida.

Guindastes e escavadeiras durante a construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

As autoridades de saúde chinesas afirmam que 304 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus — que infectou mais de 14 mil pessoas no país.

Foram registrados ainda cerca de 100 casos em outros 22 países — no Brasil, há 16 casos suspeitos, mas nenhum confirmado.

Guindastes e escavadeiras durante a construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

O número de casos registrados em todo o mundo superou o da epidemia da síndrome respiratória aguda grave (Sars), que infectou 8,1 mil pessoas em 2003.

Vista aérea de guindastes e escavadeiras durante a construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

O surto de coronavírus começou em Wuhan, cidade com cerca de 11 milhões de habitantes.

O Hospital Huoshenshan vai contar com aproximadamente 1 mil leitos, segundo informou a imprensa estatal.


Vista aérea de guindastes e escavadeiras durante a construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

Operário trabalha no canteiro de obras do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

A televisão estatal chinesa está transmitindo em tempo real o avanço da construção no canteiro de obras — o que teve um sucesso improvável de audiência.

De acordo com o jornal Global Times, mais de 40 milhões de pessoas estão assistindo às transmissões ao vivo da obra na China.

Centenas de operários trabalham na construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

Vista aérea da construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

A popularidade das imagens levou as máquinas usadas na construção civil a ganhar uma fama incomum.

A betoneira, por exemplo, ganhou apelidos como “Rei do Cimento” e “Grande Coelho Branco”.

Escavadeira no canteiro de obras do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

O Hospital Huoshenshan é inspirado no Hospital Xiaotangshan, construído em 2003, em Pequim, para ajudar a combater a epidemia de Sars.

Operários da construção civil instalam revestimento à prova de umidade
créditos: Getty Images

O Hospital Xiaotangshan foi construído em sete dias, quebrando supostamente o recorde mundial de construção mais rápida de um hospital.

Operário descansa no canteiro de obras
créditos: Getty Images

“A China tem um histórico de fazer as coisas com rapidez, inclusive projetos monumentais como este”, diz Yanzhong Huang, membro sênior de saúde global do Conselho de Relações Exteriores.

Foto aérea do canteiro de obras do Hospital Huoshenshan
créditos: Alamy

Operário trabalha no canteiro de obras do Hospital Huoshenshan
créditos: Alamy

Assim como a unidade de Pequim, o Hospital Huoshenshan está sendo construído a partir de estruturas pré-fabricadas.

Estrutura pré-fabricada é içada no canteiro de obras do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

De acordo com Huang, engenheiros de todo o país foram recrutados para concluir a construção a tempo.

“A China é muito boa em obras de engenharia. Tem histórico de construir arranha-céus com rapidez. É muito difícil para os ocidentais imaginarem isso. E pode ser feito”, acrescentou.

Vista aérea da construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images

Vista aérea da construção do Hospital Huoshenshan
créditos: Getty Images
Imagem de dentro do hospital
créditos: Getty Images
Aparelho de tomografia é instalado dentro do hospital
créditos: EPA
Camas hospitalares são instaladas dentro da unidade
créditos: EPA

.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=mayLXGoAz1c

https://www.youtube.com/watch?v=qux4_-ImU78

https://www.youtube.com/watch?v=UOpt5THspwo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Os textos do parceiro BBC News estão escritos total ou parcialmente em português do Brasil.