Cabo verde declarou esta terça feira o estado de emergência, apesar de não ter registado ainda nenhum caso, e interditou as viagens com os países europeus, de onde têm chegado passageiros infetados ao continente africano.

Moçambique já obriga a quarenta obrigatória a todos aqueles que venham de regiões afectadas. E São Tomé e Príncipe, apesar de não registar casos, pede à população para estar preparada para o pior.

As medidas são por isso cada vez mais duras em África. Apesar de ser o continente menos afectado, o medo é maior dadas as sensibilidades dos sistemas de saúde.

Na Algéria, onde pelo menos 54 pessoas foram infectadas, o país já suspendeu todas as ligações com França. E a Tunísia, com 20 casos, para além de cerrar fronteiras, já fecha cafés e restaurantes a meio da tarde.

Os marroquinos seguem o exemplo e suspendeu as ligações aéreas com vários países. Já a África do Sul decretou emergência, depois de detectados casos de transmissão local do vírus.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.