O seleccionador argentino arrisca-se a ficar de fora do Mundial de 2010 devido aos ataques aos jornalistas na conferência de imprensa que se seguiu ao triunfo sobre o Uruguai e que garantiu o apuramento para a prova.

As duras palavras de Diego Maradona aos jornalistas poderão sair caras ao seleccionador argentino. O Comité de Disciplina da FIFA vai analisar brevemente o caso e o técnico pode incorrer num castigo mínimo de cinco jogos, dependendo do enquadramento feito por aquele organismo.

De facto, o Regulamento Disciplinar prevê no artigo 58.º que "ofensa à dignidade de pessoas" pode significar uma suspensão mínima de cinco encontros. No entanto, se a FIFA determinar que se trata apenas de "insultos por gesto ou palavras", como estipulado no artigo 57.º, a pena não irá além de um a três jogos, sendo este o cenário mais provável, apesar da 'guerra' que Maradona e FIFA alimentam há décadas.

 

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.